Carta ao Prefeito do Município de Mucuri.


Esta matéria seria publicada ontem, mas em respeito ao passamento do meu amigo Josahélio, eu deixei para publica-la hoje.

Itabatã, 15 de Fevereiro de 2018

Ao excelentíssimo senhor Prefeito do Municipio de Mucuri, Dr. Carlos Simões

Ontem foi quarta feira de cinzas. Dia de renascer das cinzas.

Aliás, renascer das cinzas é algo que nosso município tenta fazer todo início de mandato e em todo início de ano.

Como o nosso país só engrena depois do carnaval, eu quero desejar ao senhor e a todos os mucurienses um feliz ano novo.

Mas eu quero também Doutor, falar para o senhor muita coisa que muita gente gostaria de falar, mas não fala.

Uns não falam por timidez, uns não falam por medo. (Não sei de que. O senhor sabe?), uns não falam por estarem comprometidos com o seu governo e outros por tantos outros motivos que não sabemos, eles não querem falar e nós respeitamos.

Quero falar Doutor que nós o elegemos com a esperança que o senhor fizesse o nosso município renascer das cinzas como uma fênix.

Mas após 1 ano, 1 mês e 13 dias após a sua posse, nós continuamos com esperança, afinal, esperança é o segundo nome de todo brasileiro. Mas eu quero falar pro senhor que ela é bem menor do que em 1º de janeiro de 2017.

E é menor Doutor, porque o senhor fez coisas e mais coisas sem uma explicação lógica para uma gestão que prometeu resgatar nosso município de tudo o que foi feito de errado pelo menos nos últimos 25 anos.

Como é que senhor explicaria 1 ano, 1 mês e 13 dias após a sua posse, a prefeitura ter gasto quase 8 milhões em festas e nossas escolas não terem sido reformadas?

Temos crianças lanchando no chão desde o governo passado. Governo, aliás, do qual o senhor era vice.

Documento elaborado por pais de alunos do Colégio Edivaldo Machado

Como é que senhor explicaria 1 ano, 1 mês e 13 dias após a sua posse, a prefeitura ter gasto quase 8 milhões em festas e alguns de nossos PSFs estarem agonizando, sem equipamentos, sem medicamentos e até sem médicos? Pelo menos é isso que muita gente reclama todos os dias nas redes sociais e nós escutamos em conversas com o povo no dia a dia.

Entre outras coisas, o PSF10 está com 2 ventiladores quebrados desde o ano passado. E sem falar de outros problemas em outros PSFs.

Como é que senhor explicaria 1 ano, 1 mês e 13 dias após a sua posse, a prefeitura ter gasto quase 8 milhões em festas e os mercados municipais não terem sido reformados, tornando-se um risco iminente para quem frequenta, para quem trabalha e até para quem transita pelas proximidades?

O senhor visitou o mercado de itabatan no inicio do mandato, cumprimentou e foi cumprimentado pelo povo, tirou fotos, prometeu a reforma e ficou apenas nisso.

Como é que senhor explicaria 1 ano, 1 mês e 13 dias após a sua posse, a prefeitura ter gasto quase 8 milhões em festas e não ter cuidado da Praça João Carletti no centro de Itabatã?

A ultima visita que fiz, a praça estava imunda, depredada e representando um perigo para todos os frequentadores. Adultos e principalmente as crianças.

Como é que senhor explicaria 1 ano, 1 mês e 13 dias após a sua posse, a prefeitura ter gasto quase 8 milhões em festas e não resolveu o problema da iluminação pública?

Aliás, a iluminação pública tem arrecadação própria. 100 mil reais por mês. Isso quer dizer que no seu mandato a prefeitura já arrecadou 1 milhão e 300 mil reais de taxa de iluminação e nossas ruas continuam as escuras.

Como é que senhor explicaria 1 ano, 1 mês e 13 dias após a sua posse, a prefeitura ter gasto quase 8 milhões em festas e até agora a grande obra do seu governo (O Colégio Modelo), nem sequer foi iniciada?

O senhor poderia aproveitar e explicar porque essa escola não poderia ser construída no Carandiru ao invés de construí-la nesse imenso alagado que o senhor comprou a peso de ouro.

E ai a prefeitura economizaria esse 2 milhões e 300 mil reais para gastar na reforma das outras escolas.

Área para construção da Escola Modelo

Como é que senhor explicaria 1 ano, 1 mês e 13 dias após a sua posse, a prefeitura ter gasto quase 8 milhões em festas e várias de nossas ruas sofrem com alagamentos desde dezembro e nenhuma providência foi tomada?

A Rua Rio Marobá no Triangulo Leal e a Rua 6 no Caribe continuam alagando e dificultando a vida dos moradores e transeuntes e na Rua Itália só foi feito um paliativo por causa de uma quase tragédia com a casa de um morador. E a Defesa Civil? Cê viu?

Rua Rio Marobá – Depois da obra da prefeitura

Doutor, assim como eu, muita gente quer te dizer que um governo, seja municipal, estadual ou federal precisa de planejamento. E o senhor me desculpe, mas se o governo do senhor tem planejamento, isso não está visível aos olhos do povo.

Outra coisa Doutor, não veja como politicagem a cobrança que algumas pessoas fazem ao seu governo.  Afinal o senhor foi eleito para cuidar do nosso município e o senhor, o vice-prefeito, os vereadores e os secretários são pagos e muito bem pagos para isso.

Cobrança é uma coisa, politicagem é outra.

Não pense Doutor, que queremos a sua queda ou a queda dessa Câmara que tudo vê, tudo aceita, tudo concorda e nada cobra.

A queda de um prefeito e de uma Câmara de vereadores tem um custo muito alto para o município. E é custo financeiro mesmo.

Portanto quem quer de verdade o bem do município não deseja a queda do prefeito ou dos vereadores, afinal, eles foram eleitos pelo povo. E devem cumprir o mandato até o fim. Mas por sua parte, os eleitos devem trabalhar e trabalhar duro, além de aceitar e tirar proveito das cobranças.

Há coisas Doutor, que no seu governo, são inaceitáveis. Por vários motivos.

Por ser médico, e claro, um homem da área de saúde, não podemos aceitar que o senhor continue fomentando calçamentos sem rede pluvial e sem rede de esgoto. Afinal saúde é o que interessa, o resto não tem pressa. Ou não?

Por ser um homem que conhece esse município como poucos, não dá pra admitir que o senhor não tenha um plano, para no mínimo diminuir os efeitos das grandes chuvas que vira e mexe caem sobre o nosso município.

Por ser um homem que participou de todos os governos nos últimos anos, não dá pra admitir que no seu governo continue a acontecer obras descartáveis. Aquelas que são feitas hoje e na próxima semana ou na primeira chuva já precise de reparos. Afinal o dinheiro jogado fora não volta nunca mais e pode faltar para salvar uma ou mais vidas.

Existe um ditado que diz que promessa é dívida. E se isso for verdade a sua dívida com o nosso povo é grande.  O senhor ainda se lembra das promessas de palanque?

Como anda a história mais do que repetida da ponte que dá acesso às praias de Costa Dourada? Só pra citar uma.

Outro dito diz que: Tú és responsável por aquilo que cativas. E ai de acordo com esse dito, o senhor está mais ou menos enrolado.

Durante muitos anos o senhor cativou homens e mulheres em todo o município e despertou neles a esperança de dias melhores.

Dias melhores para o funcionalismo, dias melhores para a educação, dias melhores para a população de um modo geral e dias melhores principalmente na área da saúde.

Mas já se passou 1 ano, 1 mês e 13 dias e segundo a grande maioria da população, segundo o que a gente ouve da boca do povo, o senhor já está entre os piores prefeitos da história de Mucuri.

Isso é triste, muito triste.

Outro conselho Doutor: Eu acho que o senhor e sua equipe devem esquecer e parar de citar o governo de Paulinho de Tixa. Afinal já fez 1 ano, 1 mês e 13 dias que Paulinho deixou de ser prefeito. E pelo discurso de alguns, a impressão que fica é que se Paulinho ficou 8 anos e fez um governo ruim, o senhor também teria direito a ficar 8 anos e também fazer um governo ruim. É isso mesmo ou estou enganado?

Nós temos que olhar pra frente, procurar avançar. Se os prefeitos passados fizeram um monte de besteira, isso não quer dizer que todos os prefeitos terão direito a fazer as mesmas besteiras ou mais, jogando o dinheiro do povo no lixo.

Alguns justificam dizendo: Ah! Toda prefeitura é assim.  Outra carga d’água. Nós não podemos cuidar de nossa casa ou de nossa família se espelhando pelos outros. Ainda mais usando como referencia os maus exemplos. Quer dizer que se a filha do vizinho estiver se prostituindo, é normal a gente deixar a filha da gente se prostituir também? Se o filho do vizinho estiver traficando, é normal a gente deixar o nosso filho traficar também? Nesse imenso mar de lama que virou o Brasil, existem inúmeros municípios com muito menos dinheiro que Mucuri e que são muito bem administrados. É para esses municípios que devemos olhar.

Mas pra encerrar, porque se formos tratar de todos os assuntos a conversa será longa. E agora pra 2018 o senhor ainda tem 319 dias para nos fazer recuperar a esperança no seu governo. E ai depois o senhor terá mais 730 dias para fechar com chave de ouro esse governo tão desejado e tão esperado pelo povo de Mucuri.

                Um feliz ano novo para todos nós.

Por: CARLITO TEIXEIRA

sample-ad

Comentários

POST A COMMENT.