8 de Março – Dia Internacional da Mulher


Hoje, 8 de Março de 2018. Dia Internacional da Mulher, deveria ser um dia só para comemorações. Mas não é. Especialmente em Itabatã, onde na antevéspera tivemos um crime bárbaro conta uma mulher. Fora isso, temos pelo Brasil e pelo mundo inúmeras noticias de avanços, mas também de retrocessos.

Felizmente, em Itabatã, temos uma boa notícia de avanço e essa boa notícia atende pelo nome de Naiane Lima dos Santos.

Naiane se tornou recentemente um exemplo não só para as mulheres, mas para todos os moradores do município de Mucuri, principalmente aqueles que acham que o povo deve aceitar qualquer coisa, qualquer migalha oferecida pelo setor público.

Nós somos sabedores e testemunhas oculares da situação caótica que vive a educação em nosso município. Há anos, as nossas escolas não vem sendo cuidadas e algumas nós já podemos chamar de sucatas escolares.

Ciente dos seus direitos, dos direitos da sua filha, a pequena Geovana, Naiane e seu irmão Ernandes Lima Santos, começaram no final do ano passado uma batalha pela reforma da Escola Edivaldo Machado.

Atentos, eles começaram a registrar tudo de errado que encontravam na escola. Começaram cobrando da diretora. Perceberam que mesmo se esforçando pra fazer o melhor, a diretora não teria o poder e muito menos recursos para realizar uma reforma radical na escola, eles procuraram a Secretária de Educação. E tudo o que eles conseguiram foram promessas. Nada de concreto.

No início do ano, Ernandes se mudou para Teixeira e Naiane ficou sozinha na luta. Pensam que ela desistiu? Ledo engano. Naiane organizou abaixo assinado, visitou a escola durante as férias para saber se alguma reforma estava sendo feita e foi a luta.

Pra variar, as aulas se iniciaram sem que as escolas obtivessem a tão necessária reforma. E os problemas se multiplicaram. A ponto de vândalos atirarem garrafas e até uma jaca de fora para dentro da escola. Frente a isso, a prefeitura iniciou uma reforma meia boca, sem contar que com as crianças lá dentro e sem nenhum cuidado com a segurança deles e dos funcionários.

Naiane não se fez de vitima, buscou o auxilio do Conselho Tutelar e conseguiu a interdição da Escola até que seja feita uma reforma decente e que possa deixar o prédio com as condições mínimas para que as crianças estudem com dignidade.

Naiane é um exemplo, pois alem do seu irmão, ela só conseguiu a ajuda de poucos pais. Inclusive teve alguns que a criticaram, dizendo que as ações dela não iam dar em nada. Pensam que ela desistiu? De jeito nenhum.

Quem dera, nós tivéssemos umas dez Naianes em nosso município. Com certeza, nós não teríamos crianças lanchando no chão ou em pé. Nós não teríamos fogão com cremalheira escorada com tijolo. Não teríamos banheiros imundos, com esgoto voltando para dentro da escola. Não teríamos crianças estudando fora da sala de aula por causa do calor insuportável.

Naiane Lima dos Santos, 32 anos, filha de Edna Lima dos Santos e Idalino Vieira dos Santos, Mãe de Geovana Lima dos Santos Costa é o nosso exemplo de mulher neste dia 08 de Março de 2018.

 

sample-ad

Comentários

POST A COMMENT.