Acidente: Viatura da PM que conduzia menor de Itabatã para Teixeira bate em animal na BR 101

Mucuri: Na noite desta última quarta-feira, 14 de fevereiro, por volta das 22h00, uma guarnição do PETO da 89ª CIPM, que tem a sua base no Distrito de Itabatã, no município Mucuri, estava realizando a condução de uma menor para a sede da 8ª COORPIN. A menor estava sendo acusada de tráfico de drogas no referido distrito e seria apresentada no Plantão Regional.

No caminho, a viatura se envolveu em um acidente, próximo ao Trevo de Posto da Mata, quando ao sair de uma curva, próximo ao antigo Posto de Combustível “Abrolhos”, veio a colidir com um animal (vaca), que estava no meio da pista. Segundo um motorista que passava na hora, os militares e a menor conduzida deram muita sorte, pois, se fosse um veículo pequeno, poderia ter se tornado uma tragédia.

Os militares tiveram pequenas lesões, sem gravidade, já a menor, que estaria sendo conduzida, nada teve. Os militares solicitaram apoio, outras guarnições vieram prestar socorro e assistência aos colegas de farda, que foram conduzidos para a Unidade Hospitalar mais próxima para serem atendidos. Outra guarnição assumiu a ocorrência e deu continuidade à diligência para a 8° COORPIN, em Teixeira de Freitas.

A Polícia Rodoviária Federal foi acionada para realizar a ocorrência do acidente. A vaca morreu na hora e será realizada uma busca para tentar localizar o proprietário do animal, para que possa assumir a responsabilidade pelo acidente, já que o animal estava solto em uma rodovia de grande fluxo de veículos. Já a questão do envolvimento dos militares, e de uma viatura da Polícia Militar da Bahia, fica o alerta, já que esse traslado para 8ª COORPIN em Teixeira de Freitas já foi questionado por nossa equipe de reportagem.

Relembrando o fato, todas as prisões realizadas em flagrante de segunda a sexta-feira, no período das 18h00 às 08h00 da manhã, e em todos os horários dos finais de semanas e feriados, devem ser registradas em Teixeira de Freitas no Plantão Regional. Ou seja, todos os militares de todos os distritos e municípios que compõe a coordenação da 8ª COORPIN devem apresentar os presos em flagrantes em Teixeira, por não haver plantão nas delegacias territorial dos referidos municípios.

Existe um questionamento muito grande por parte de todos, tanto dos militares, bem como dos conduzidos e familiares. Primeiro pelo risco que todos correm, realizando o deslocamento, e segundo, se algo acontecer quem será responsabilizado com o conduzido, os militares ou o Estado. Lembrando ainda, que, os conduzidos que são liberados após oitiva do delegado plantonista, a maioria fica vagando pelas ruas de Teixeira de Freitas até os familiares conseguirem uma forma de buscá-lo. Isso para os casos de crimes de menor gravidade.

Além disso, esse acidente coloca em evidência outra denúncia, também levantada em muitas vezes por nossa equipe de reportagem, que é acerca de animais nas rodovias estaduais e federais, colocando vidas em risco constantemente. Quantas pessoas já perderam suas vidas, ou saíram com lesões graves? E quantos outros acidentes não ficamos sabendo por ter sido danos apenas materiais. Quantos proprietários desses animais foram localizados e/ou punidos?

Esse acidente evidencia dois problemas enfrentados em nossa região. Tantos foram os questionamentos. E agora, o que fazer?

Fica a pergunta para o Secretário Estadual de Segurança Pública.

Por: Cloves Neto/Liberdadenews

Comentários

Top
Inline
Advertisement
Inline
Advertisement