BELO CRUZEIRO: MULHER É MORTA A PAULADAS NA FRENTE DAS FILHAS!


BELO CRUZEIRO MANCHADO DE SANGUE.

Parece que está virando moda e por sinal uma moda muito ruim que deve ser combatida de maneira firme, com punição exemplar, para que esse tipo de modalidade de assassinato não continue com esse índice tão alarmante como tem ocorrido nos últimos meses.

Só para relembrar alguns casos a nível de Brasil:

12 de Outubro de 2018, Várzea Grande- Cuiabá:

Marido mata a esposa com um pedaço de madeira, desferindo sobre a vítima vários golpes, todos na região da cabeça. A vítima chegou a ser socorrida, mas veio a óbito no hospital.

13 de Outubro de 2018, Atibaia-SP,  jovem de 17 anos mata senhora de 47 anos de idade a socos, pontapés e golpes de pauladas, sob a alegação de que a vítima lhe teria dado um tapa na cara.

No Maranhão uma senhora de 106 anos de idade foi morta com vários golpes de pauladas e veio a óbito. o motivo? O ladrão roubou R$ 30,00 da vítima e por pura maldade fez isso com ela.

BELO CRUZEIRO DISTRITO DE MUCURI-BA.

Mulher é assassinada a paulada na frente das filhas, todas menores de idade. O Motivo? Segundo pessoas que  conviviam com ela disseram, a vítima senhora Ana Paula, não aceitava o relacionamento do seu algoz José Carlos Monteiro, vulgo alemão,  com a sua mãe, uma senhora já idosa e que Ana Paula achava que ele mantinha esse relacionamento com o objetivo de se aproveitar da idosa. Ana Paula fazia de tudo para afastá-lo de sua mãe e ele a jurou dizendo: Um dia você me paga.

Pois bem, o dia escolhido por  José Carlos Monteiro, vulgo alemão, para cobrar a dívida que ele acreditava que tinha a receber foi hoje, 16/12/2018 por volta de 11 horas da manhã.

Segundo relatos dos moradores locais ela tentou correr, mas não conseguiu e acabou recebendo vários golpes na cabeça, vindo a óbito ali mesmo no local. Ao perceberem o movimento, os moradores locais vieram ao socorro de dona Ana Paula, um dos moradores até chegou a atirar no assassino, mas não conseguiram evitar que ele consumasse o assassinato.

O assassino que segundo informações já tem passagens pela polícia, foi encaminhado ao hospital e logo depois será levado para Teixeira de Freitas, quando será apresentado às autoridades para que todos os fatos sejam investigados e ele comece a pagar pelo crime que cometeu.

As autoridades precisam agir de forma enérgica para coibir esse tipo de violência gratuita, por motivo banal, fútil e que trás um prejuízo enorme a toda sociedade. Uma mãe perde a vida de forma brutal, deixa três filhas ainda crianças desamparadas e sem saber o que será do futuro. Como essas crianças assimilarão esse duro golpe? O que pode ser feito para evitar que barbáries como essas aconteçam?

A violência é deveras generalizada e a nível nacional, disso não temos dúvidas, mas aqui em Mucuri a tempos estamos batendo nessa mesma tecla ” A VIOLÊNCIA QUE ASSOLA O NOSSO MUNICÍPIO” e até hoje nada foi feito para coibir essa violência.

Todos os povoados do Município estão sem policiamento. O moradores das regiões mais longínquas como é o caso do Distrito de São Jorge, tiveram que se organizarem como sociedade para se protegerem mutuamente, pois se dependessem do poder público estariam totalmente à deriva.

Os moradores desses Distritos também precisam exercer o seu papel de cidadão, que é cobrar, exigir que as autoridades cuidem do povo dos seus distritos, afinal somos todos mucurienses, somos todos cidadãos e queremos que todos os direitos sejam respeitados.

   

Cristiano Almeida, Jornalista.

REG. MTE 3749 ES

sample-ad

Comentários

POST A COMMENT.