Campanha: Criança de Caravelas com leucemia precisa de doadores de medula óssea


Lívia Sanches Lima, de 1 ano e 3 meses de idade, oriunda de Caravelas, há cinco meses enfrenta o desafio na luta contra  Leucemia Linfóide Aguda (LLA). A enfermidade acontece quando os glóbulos brancos estão se diferenciando, sofrendo alterações dentro da medula óssea e começam a se multiplicar de maneira desordenada.

Livia enfrentou várias intercorrências durante o tratamento, ficou duas semanas em coma, venceu uma endocardite e precisou pausar a quimioterapia, agravando assim seu estado. Atualmente está classificada como paciente de alto risco, já  inserida no cadastro do REDOME, sendo necessário transplante de medula óssea.

A família e amigos estão organizando uma campanha para conseguir doadores.

Para ser analisado como doador de medula óssea, o candidato pode dirigir-se ao hemocentro mais próximo na sua região, que será realizada a coleta, através do simples exame de sangue. Precisa ter entre 18 e 55 anos de idade, estar em bom estado geral de saúde (não ter doença infecciosa ou incapacitante).

Para mais informações a pessoa pode ligar para o Hemoda de Teixeira de Freitas, através do telefone 73 3011-2739. (Da redação TN)

sample-ad

Comentários

POST A COMMENT.