Dica do Estúdio Lá em Casa; Menopausa: entenda como a atividade física pode ajudar


Momento delicado para as mulheres, a chegada da menopausa traz uma série de sensações. Uma grande aliada é capaz de fazer as consequências dessa fase serem atenuadas: a prática de atividade física.

É uma ótima estratégia para queimar gordura e melhorar o humor, mas não só isso. A atividade física traz benefícios como a diminuição do risco de doenças cardíacas, fortalece os ossos, combate as mudanças bruscas de humor e também o nervosismo e a insônia, tão comuns dessa fase.

A atividade física regular libera ainda endorfinas na corrente sanguínea, promovendo o bem-estar físico e emocional, contribuindo para que a mulher fique mais confortável e confiante.

Regularidade

Para aproveitar todos estes benefícios, contudo, é indicado fazer exercícios, pelo menos, duas vezes por semana com duração de 1 hora ou diariamente durante 30 minutos, numa intensidade que seja capaz de aumentar os batimentos cardíacos.

Exemplos de exercícios recomendados:

Caminhada

Pode ser realizada perto de casa, na esteira da academia ou na beira da praia ou lago. Ela estimula a reposição óssea e preserva a elasticidade das artérias e ainda queima calorias.

Hidroginástica

Trabalha todo o corpo e não causa lesões nas articulações. Além disso, não é preciso ficar se incomodando com o suor, já que a água refresca o tempo todo.

Dança

As aulas melhoram a coordenação motora e a noção de espaço, além de promover o bem-estar e a socialização. As aulas de Zumba nas academias também são uma boa opção para manter o corpo ativo.

Pilates

Os exercícios com colchão são excelentes para aumentar a flexibilidade e manter os músculos bem durinhos. Além disso, as aulas são mais tranquilas e não promovem tanto a transpiração – os exercícios ainda ajudam a melhorar a força dos músculos do pavimento pélvico, combatendo e prevenindo a incontinência urinária, melhorando a libido e o contato íntimo.

Musculação

Excelente opção para fortalecer os músculos e os ossos, que tendem a ficar mais frágeis e quebradiços nessa fase da vida da mulher. Além disso, os exercícios podem ser adaptados e realizados de forma mais lenta, para diminuir as ondas de calor da menopausa.

sample-ad

Comentários

POST A COMMENT.