Dona Verdiana. Nossa moradora centenária.

Veneran Alves de Souza, falando assim, com certeza pouca gente saberá de quem se trata.

Mas se falarmos Dona Verdiana, com certeza muita gente terá o que falar. E falar bem.

102_2297         102_2298

Prestes a completar 102 anos de vida, essa simpática senhora, mãe de 3 filhas: Laura, Lúcia e Beliza (Já falecida), praticamente viu Itabatã nascer.

Nascida em Salinas, Minas Gerais, ela se orgulha de ter sido criada com Jatobá, pequi e orelha de vaca.

A frente do seu tempo, fala com orgulho de nunca ter se casado e de ter tido ao longo da vida 4 esposos.

Orgulha-se também dos 11 netos e 11 bisnetos.

De memória muito boa, chegou a Itabatã há mais de 40 anos e ainda se lembra entre outras coisas do 1º Farmacêutico (Sr. Ulisses), do 1º Açougueiro (Sr. Domingos) e do Fazendeiro Rosalino.

Dona Verdiana conta que a sua família saiu de Minas por causa da fome e na fuga pela sobrevivência, moraram muito tempo no meio da mata.

Com a morte do pai, a mãe dela ficou sozinha com 5 filhos e tempos depois foi muito castigada pelo padrasto.

Ela faz questão de lembrar as dificuldades iniciais. Itabatã não tinha serviço e que os primeiros trabalhos foram oferecidos pelos japoneses.

Para lavar roupas, as pessoas tinha que se deslocar até a localidade conhecida pelo nome de Puaia.

Fazia farinha com as mãos e levava ainda quente para vender em Posto da Mata, onde aproveitavam para comprar alguma coisa. Ela faz questão de frisar que o percurso de ida e volta até a cidade vizinha era feito a pé.

Dona verdiana, embora esteja com a saúde debilitada, ainda é muito ativa. Faz comida, cuida da casa de dos bichos. (periquito, galinha e pato). Tudo sozinha.

102_2299         102_2300

Sandra Viana, a agente de saúde que cuida dela é muito paparicada e querida por ela como se fosse uma filha. O mesmo carinho e consideração Sandra têm por ela.

10606202_625590700872702_145477304842442464_n           10614192_625590564206049_479191658520749284_n

Outro motivo de orgulho de Dona Verdiana é saber fazer todo tipo de serviço de roça, inclusive alambicar.

Dona Verdiana nora no mesmo endereço desde que chegou a Itabatã e é motivo de orgulho para a família, para os amigos, vizinhos e também para a nossa cidade.

Por tudo isso Dona Verdiana é GENTE DA GENTE.

Comentários

Top