Finais do Campeonato


O encerramento dos campeonatos, municipal da primeira e segunda divisão aconteceram na tarde deste domingo, 05 de abril, no Estádio Antônio Rodrigues Santana (Tomatão).

As duas finais foram muito boas. A LFTF (Liga de Futebol de Teixeira de Freitas) conseguiu finalmente, mesmo que ainda de forma tímida, o apoio da Secretaria de Esporte e Lazer para as finais dos eventos. A SMEL colocou à disposição da entidade apoio logístico razoável para incrementar as finais do campeonato municipal 2014/15.

No primeiro jogo da tarde o Palmeiras de Rancho Alegre com gols de Felipe, Gilson e Nana com Dieguinho descontando, venceu o São Lourenço por 03 X 01 e conquistou o campeonato da Segunda Divisão, e junto com o São Lourenço confirmou a vaga na primeira divisão no próximo campeonato.

A partida principal teve inicio às 17h25min pelo fato da cerimônia que aconteceu, as equipes entraram em campo lado a lado, junto com o quarteto de arbitragem, na frente alunos de escolinhas carregavam as bandeiras do Brasil, da Bahia e do Município, logo em seguida todos perfilados acompanharam a execução do Hino Nacional, e a fala do Secretário de esporte.

A bola rolou às 17h25min, o jogo foi muito equilibrado, o Vila Nova começou melhor e com forte marcação no meio campo conseguiu anular Buneco, a principal peça do time do N10Sport/Ipiranga, Baratinha e Zoi outros destaques do time amarelo também não começavam bem no jogo, pelos lados do Vila Nova o time estava elétrico, Neyvaldo se mexia bem no setor de meio campo e  Leonardo aparecia perigosamente no ataque pela direita sendo municiado pelo meia Jocce, os seus cruzamentos obrigava o goleiro Fred a sair  bem do gol e a salvar o time do N10.

O gol do Vila Nova sairia aos 33 minutos, numa rápida contra ofensiva a defesa do N10SportIpiranga deu um cochilada e Wilker chutou na saída de Fred, desta vez sem defesa e fez um a zero para o Vila Nova, o jogo era lá e cá, o N10Sport/Ipiranga não se dava por vencido e buscava o gol de empate, Eri tentava pela esquerda na sua jogada característica de linha de fundo, Renaldo, Roninho e Buneco já mais centrados no jogo começavam a se dar bem e tentaram algumas vezes o chute de fora da área, e aí começava a aparecer o goleiro Nem, assim terminava a primeira etapa.

No segundo tempo a equipe comandada por Nenzão veio já com modificações, Nenzão foi extremamente corajoso, colocou Fio no lugar de Sandrinho e Sonzinho no lugar de Zoi, que eram dois jogadores que rendia pouco, aí o time ganhou força e foi pra cima, e o empate era questão de tempo, mas o goleiro Nem fazia a diferença no jogo, e seria escolhido como o melhor em campo, mas logo nos meados do segundo tempo a coisa complicaria para o Vila Nova, com a expulsão de Warley o time ficaria vulnerável, o bom zagueiro que já havia recebido cartão Amarelo, em jogada desleal, recebeu o vermelho, obrigando Robelio a sacrificar um meia ou um atacante, ele optou para tirar Wilker que sentia contusão e colocou Paraguai.

Após essa mexida obrigatória de Robelio do Vila Nova, foi aí que Nenzão fez a diferença, ele usou a inteligência para aumentar mais ainda a pressão pensando em pelo menos empatar a partida e levar a decisão para os pênaltis, e voltou a mexer no time, tirou Roninho e colocou Mario Washington, e fez sair Renaldo e entrar Luquinhas, e não deu outra a pressão foi grande e o gol de empate iria acontecer aos 32 minutos num chute de fora da área desferido por Luquinhas, Sonzinho saiu de trás da zaga, dando impressão de impedimento, o goleiro não esperava a movimentação do atacante, o chute de Luquinhas bateu no pé da trave esquerda de Nem, e foi morrer no fundo do gol, era o empate 01 X 01 do N10, esse resultado seria mantido até o final levando a decisão para as penalidades máximas.

Nas cobranças que foram feitas no gol do lado dos portões de entrada, se deu melhor a equipe do N10Sport/Ipiranga que na pesquisa feita pelo JTE era apontado pela maioria como favorito a conquista do título.

Na abertura da série Eri converteu para o N10, Marcão empatou para o Vila, Buneco fez 02 X 01, N10 na frente, Sonzinho voltou a empatar 02 X 02, Mário Washington fez o terceiro do N10Sport/Ipiranga, Jocce cobrou bem e decretou novo empate para o Vila Nova, Baratinhas fez 04 X 03 para o time de Nenzão, aí foi a vez do jovem Cleiton que havia jogado bem, mas na cobrança ele foi displicente e chutou muito alto desperdiçando a cobrança do Vila, mas ele não merece ser crucificado por isso, bastaria agora o N10 converter a cobrança seguinte que seria o campeão, e assim foi feito Luquinhas cobrou e fez o quinto gol do N10, gol do título de campeão da primeira divisão 2014/15.

Palmeiras de Rancho Alegre venceu o São Lourenço por 03 X 01 e se sagrou campeão da segunda divisão, e o N10Sport/Ipiranga venceu nos pênaltis o Vila Nova por 05 X 03 após empate em 01 X 01 no tempo regulamentar e também levou o título de campeão. Parabéns a todos.

Ficha técnica do final da partida final da primeira divisão

Vila Nova X N10Sport/Ipiranga

Inicio 17h25 minutos.

Local- Tomatão

1º tempo- 01 X 00 Vila Nova Gol de Wilker aos 33 minutos

2º tempo- 01 X 00 N10Sport/Ipiranga Luquinhas aos 32.

Final- 01 X 01.

Cartão – amarelo-Warley e Jooce do Vila Nova

Cartão vermelho- Warley do Vila Nova

Cobranças de Pênaltis-

N10Sport/Ipiranga 05 X 03 Vila Nova.

Arbitro Central- Francisco José de Aleluia de Itabuna

Assistente 01- Vanilson Araújo Rios de Itabatã

Assistente 02- Reynaldo Alves de Oliveira

Árbitro Reserva- Luiz Adail Rossi.

N10Sport/Ipiranga- Fred- Jhony- Mazinho, Daniel e Sandrinho, depois Fio, Zoi, depois Sonzinho, Buneco, Renaldo depois Luquinhas, e Baratinha, Roninho depois Mário Washington, e Eri. Técnico Nenzão Maravilha.

Vila Nova- Nem, Jhessy, Bebeto, Warley, e Rato, Cleiton, Marcão, Jocce e Neivaldo, Wilker depois Paraguai e Leonardo. Técnico Robelio Brandão.

Por Sulbahianews/Ascom

sample-ad

Comentários

POST A COMMENT.