Homem com pênis de meio metro recusa ajuda de médicos para ter vida normal


Em janeiro deste ano, sensibilizados com a situação, médicos ofereceram uma cirurgia para que ele pudesse ter um pênis com o tamanho considerado normal e, desta forma, ter uma vida sexual ativa

Na cultura latina, quando se trata de órgão genital masculino, muitos homens consideram que “quanto maior, melhor”. Mas ter o pênis maior que o considerado normal pode representar um grande problema, e prova disso é o mexicano Roberto Esquivel Cabrera, 54 anos, que tem nada mais, nada menos do que 48 centímetros de estrutura fálica.

Médicos ofereceram uma cirurgia para normalizar o tamanho do pênis, mas o homem não aceitou
Médicos ofereceram uma cirurgia para normalizar o tamanho do pênis, mas o homem não aceitou
Foto:Reprodução

Em 2015, vídeos com Roberto viralizaram nas redes sociais e várias hipóteses foram levantadas, incluindo que tudo não passava de uma montagem.“Eu gostaria de entrar no Guinness Book, mas eles não reconheceram o recorde”, contou Roberto em entrevista à Barcroft TV. Mas médicos comprovaram que o pênis possui realmente os 48 centímetros e isso traz muitas dificuldades para o mexicano.

Em janeiro deste ano, sensibilizados com a situação, médicos ofereceram uma cirurgia para que ele pudesse ter um pênis com o tamanho considerado normal e, desta forma, ter uma vida sexual ativa. Os argumentos foram desde evitar que Roberto se machuque – ele só consegue dormir de barriga para cima – até ter filhos. Não adiantou.

Dormir, andar, trabalhar... Roberto Esquivel enfrenta dificuldades para realizar atividades básicas
Dormir, andar, trabalhar… Roberto Esquivel enfrenta dificuldades para realizar atividades básicas
Foto:Reprodução

“Para os latinos, ter um pênis grande significa ser mais homem, é algo que o torna diferente, ele se sente especial”, explicou o médico Jesus David Salazar. O médico explicou ainda as técnicas utilizadas por Roberto Esquivel para que tivesse um pênis nesse tamanho.“Ele sempre foi muito preocupado com o tamanho do órgão e amarrava pesos com faixas para aumentar o comprimento”, explicou David. (Com informações do site Uol)

sample-ad

Comentários

POST A COMMENT.