Mais de 40% dos parlamentares eleitos devem explicações à Justiça


Pelo menos 42 dos 108 eleitos para exercer mandatos como deputados federais e estaduais pela Bahia nas eleições deste ano devem algum tipo de explicação à Justiça. Um levantamento feito pelo CORREIO mostra que ao menos 18 dos 39 eleitos como deputados federais respondem a processos na Justiça, ou são investigados, levando-se em consideração todas as instâncias. O número corresponde a 46% dos eleitos no último domingo (dia 7). Entre os que foram escolhidos pelos baianos para atuar na Assembleia Legislativa, 24 passam pela mesma situação, o que corresponde a 38% da principal casa legislativa da Bahia.

O levantamento foi realizado com base nos inquéritos e ações que estão em andamento, não tendo sido levados em consideração procedimentos arquivados ou já julgados. Os inquéritos são realizados quando há uma suspeita em relação a algum fato, o que leva à investigação policial. Nem todos os inquéritos evoluem para uma ação ou processo na Justiça. O processo acontece depois que o inquérito mostra indícios de culpabilidade. Enquanto os inquéritos são conduzidos pela polícia, as ações tramitam no Judiciário, podendo ser cíveis ou criminais.

sample-ad

Comentários

POST A COMMENT.