Mucuri: 195 candidatos a deputado estadual receberam votos no município. Mas será que teremos representatividade?


Uma chuva de candidatos e uma tempestade de escolhidos.

As eleições 2018 revelaram situações inusitadas no ambito municipal em Mucuri.

A quantidade de candidatos já assustava. Mas a quantidade de candidatos votados no municipio impressiona mais ainda: 195. Isso mesmo, 195 candidatos conseguiram votos no nosso município.

A maioria dos mais votados aqui conseguiram se eleger.

Mas qual a leitura que devemos fazer de tudo isso?

Eu vejo essa situação de duas maneiras:

1 – A primeira é que o eleitor mostrou que estamos sem lideranças politicas confiáveis. Tanto que de 27.864 eleitores a nossa abstenção foi talvez uma das maiores do Brasil: 33,81%, ou seja, 9.420 pessoas deixaram de votar.

E de 18.444 que compareceram para votar, os nosso líderes não conseguiram transferir uma quantidade expressiva de votos. O mais votado em nosso município foi Marcelo Nilo com 2.403 votos, mas temos que frisar que foi apoiado por 2 ex-prefeitos: Robertinho e Paulinho.

O vereador Saullo se mostrou muito satisfeitos com os seus representados: Bocão e Uldurico Junior. Mas não podemos deixar de ressaltar que esses dois candidatos tem uma particularidade que os diferenciam dos demais e deixa em dúvida qual a influencia real do vereador na quantidade de votos que os dois conseguiram no município. Bocão é radialista de longas datas no extremo sul baiano, com um programa que alcança toda a nossa região e que naturalmente já lhe garante muitos votos.

Uldurico Junior é filho de Uldurico Pinto, e portanto patrão de Lucas Bocão e também usa o poder de suas rádios para garantir os votos.

E pra se ter uma ideia, consultei a votação dos dois em Mucuri, Nova Viçosa, Teixeira de Freitas, Caravelas, Alcobaça, Prado, Itamaraju, Jucuruçu, Vereda, Itanhém, Lajedão, Ibirapuã e Medeiros Neto e desses 13 municípios apenas Itamaraju e Jucuruçu é que Bocão e Uldurico não aparecem entre os primeiros colocados.

Portanto será qual foi o percentual de influencia do vereador Saullo na votação de Bocão e Uldurico em Mucuri?

A candidata do prefeito Mirela Macedo obteve 2063 votos em Mucuri e foi a primeira colocada em os candidatos a deputado estadual. Mas 2063 votos com o apoio do prefeito que há menos de dois anos obteve mais de 12 mil na sua eleição e mais o apoio da maioria dos vereadores, soa no mínimo como uma votação pífia.

Quanto a votação do candidato a deputado federal apoiado pelo prefeito e a maioria dos seus vereadores é melhor nem comentar.

Portanto, o povo deu o recado: Mucuri não tem uma liderança politica sequer capaz de bater no peito e dizer que tem votos para oferecer para os seus escolhidos.

E no frigir dos ovos, considerando poderio financeiro, poderio partidário, tempo de campanha, forma de campanha e toda a parafernália que os politicos usam para conseguir votos, quem mostrou força mesmo foram: Fábio da Cerãmica, Milton Borges e Kock Feregueti.

Fábio, porque apesar de Aleluia não ter sido eleito, conseguiu 326 votos para Paulo Câmara (Eleito) e praticamente não fez campanha. Fábio usou muito as redes sociais e fez muitos contatos com as pessoas de seu circulo de amizade por telefone. E além disso, aleluia teve 225 votos no município.

Milton, porque lançou seu nome nas ultimas horas e também fez uma campanha modesta e muito centrada em Itabatan. Mas mesmo assim obteve 1836 votos, sendo o segundo colocado no município, a frente de Bocão, Robinho, Sandro Régis e Marcelinho Veiga.

Kock Feregueti, que apesar de toda a rejeição que o seu partido sofre no município e da sétima colocação entre os candidatos a deputado estadual em Mucuri, obteve 922 votos nesse oceano de candidatos. E Kock, como sempre, fez uma campanha pra lá de modesta, amparada por amigos e simpatizantes. E também surpreendeu obtendo votos em Salvador e Feira de Santana, resultado de um trabalho elaborado do PSOL.

2 – A segunda é que apesar de votarmos em tantos candidatos, não podemos dizer que seremos representados em nenhuma das duas assembleias. E porque digo isso?

Vejam a votação dos 5 primeiros colocados  em Mucuri(Estadual e Federal)

Estadual

Mirela Macedo – Total de Votos: 50.357 – Total de Votos em Mucuri: 2.063

Milton Borges – Total de Votos: 2.246 – Total de Votos em Mucuri: 1.863 – NÃO ELEITO

Lucas Bocão – Total de Votos: 22.969 – Total de Votos em Mucuri: 1.488 – NÃO ELEITO

Robinho – Total de Votos: 51.745 – Total de Votos em Mucuri: 1.432

Sandro Régis – Total de Votos: 64.268 – Total de Votos em Mucuri: 1.002

 

Federal

Marcelo Nilo – Total de Votos: 115.277 – Total de Votos em Mucuri: 2.403

Valmir Assunção – Total de Votos: 118.313 – Total de Votos em Mucuri: 1.617

Uldurico Junior – Total de Votos: 66.343 – Total de Votos em Mucuri: 1.567

Félix Mendonça – Total de Votos: 91.913 – Total de Votos em Mucuri: 1213

Ronaldo Carletto – Total de Votos: 118.097 – Total de Votos em Mucuri: 824

 

Reparem que a votação em Mucuri de todos os eleitos é quase insignificante em relação ao total de votos que obtiveram. Certamente todos seriam eleitos sem os votos de Mucuri. E político costuma dar atenção aos municípios onde conseguem mais votos. E sendo assim Mucuri não será prioridade para nenhum deles.

Resumindo a nossa situação é a seguinte: A nível local estamos sem liderança e a nível estadual e Federal estamos sem representação. Somos um barco a deriva, quase que literalmente.

Que Deus nos proteja, agora e principalmente depois de 1º de Janeiro de 2019

 

Por: CARLITO TEIXEIRA

 

 

 

 

 

 

sample-ad

Comentários

POST A COMMENT.