Mucuri: Prefeitura diz não ao rateio dos precatórios do Fundef

A Prefeitura de Mucuri via Of. CG n 022/2018 informou que NÃO fará rateio dos recursos dos precatórios do FUNDEF com os profissionais da Educação, pois a verba não se vincula a Lei do FUNDEB, que está seguindo recomendação do Ministério Público e orientação Jurídica própria.

No Estado do Ceará diversos Municípios já realizaram o rateio com os profissionais, investiram na reestruturação das escolas e estão mostrando pra que serve esse dinheiro. Mas aqui em Mucuri isso não ocorre. Interessante dizer que a Prefeitura de Mucuri tem usado dessa verba pra complementar a Folha de Pagamento que está inchada e acredito que o MPF não recomendou isso, pelo contrário, existem recursos específicos para essa finalidade que Mucuri recebe mensalmente. Só em 2017 a Folha de Pagamento cresceu R$ 12 milhões.

A posição da Administração Dr Carlos Simões em relação ao uso desses recursos deixa bem claro que há dois pesos e duas medidas. Para melhorar as escolas e dividir com os profissionais da educação NÃO pode usar o dinheiro. Mas para comprar lote com valores questionáveis em terreno alagado e pagar o inchaço da Folha de Pagamento podem gastar do tanto e do jeito que eles querem.

Defendo a fiscalização desses recursos para que a população não saia mais uma vez no prejuízo. Junto com o Vereador BETO BORGES apresentamos requerimento e a Câmara aprovou querendo essa fiscalização, mas o Governo Municipal disse NÃO.

Aos profissionais da Educação, comunidade escolar e a toda população digo que estamos trabalhando em prol de assegurar que esse dinheiro seja investido realmente na Educação. E tudo aquilo que já foi gasto, seja investigado e apurado centavo a centavo para que não haja prejuízos ao Município de Mucuri.

Fonte: Facebook do Vereador Saullo

Por: Arnaldo da Silva Cardoso

Comentários

Top
Inline
Advertisement
Inline
Advertisement