Simone: Na luta por um sonho ela não recusa trabalho


Encontrar com Simone pelas ruas de Itabatan é quase certo como 2+2 são 4.

Isso porque Simone é mais um guerreira que não conhece barreiras que a impeçm de lutar pelo seu sustento e pelos seus sonhos.

Fila de Geraldo da Silva e de Dona Marilza de Jesus Santos, Mãe de Nycole Silva de Jesus e irmã de Márcia, Gênesis e Juliete, Simone começou a trabalhar aos 11 como babá. Desde então não parou mais.

Já trabalhou na limpeza pública, em escolas, creches, em colheita e selagem de mamão. Já foi balconista, crediarista e não rejeita nenhum tipo de serviço.

Atualmente, junto com seu pai, trabalha vendendo picolé para a Sorveteria Quero Mais. Mas paralelo a isso, nos intervalos e nos dias de frio, trabalha limpando frango em um açougue da cidade e ainda faz alguns bicos como diarista.

Simone é palmeirense, pratica jiu jitsu, gosta de ir a praça com a filha, ver bons filmes e ler bons livros.

Aos 26 anos e segundo grau completo, Simone tem orgulho de dizer que não rejeita nenhum tipo de trabalho. Ela diz que: Desde que o trabalho seja digno e honesto é com ela mesmo. Pois segundo ela o trabalho é a forma correta de viver dignamente, ajudar seus pais e criar sua filha.

Simone, como toda jovem tem seus sonhos. O seu sonho maior é um dia ser enfermeira. Ela pretende fazer um curso, mesmo que seja um curso técnico, pois ai seria a porta de entrada para ela realizar seu sonho maior que é ajudar a cuidar de pessoas.

Enquanto muitas pessoas tem a oportunidade e jogam os sonhos e as chances fora, Simone trava uma luta diária com muita honra e dignidade em busca de seu objetivo maior.

POR ISSO, SIMONE É GENTE DA GENTE.

sample-ad

Comentários

POST A COMMENT.