CAEMA apreende três caminhões carregados de madeira furtada em Posto da Mata

Nova Viçosa: Policiais da CIPE/CAEMA estavam em patrulhamento no distrito de Posto da Mata/Nova Viçosa, na noite desta última segunda-feira (26), quando tiveram informações de que três caminhões estavam carregados com madeiras de eucalipto roubadas da área da Empresa Fibria Celulose, localizada próximo ao distrito de Rancho Alegre, no município de Caravelas. Os caminhões estariam passando pelo trevo de Posto da Mata, quando a guarnição se deslocou, e conseguiu interceptar os veículos.

Após darem ordem de parada, os motoristas dos caminhões de modelo Mercedes-Benz, de cor vermelha, placa policial JOB 6499, e outro do mesmo modelo, de cor branca, e placa policial MRY 0024, ambos licenciados na cidade de Jaguaré/ES, estacionaram os veículos, desceram e se evadiram, tomando rumo ignorados. Já o motorista do terceiro caminhão, também de modelo Mercedes-Benz, de cor azul, e placa policial MQA 7258, também de Jaguaré, se manteve dentro do veículo até abordagem dos PMs.

O motorista informou aos policiais que teria sido contratado pelo proprietário dos caminhões para poder fazer uma viagem, juntamente com outros dois motoristas, para um carregamento de madeira, e que um dos dois motoristas, que foi o guia dos três, vindo a se encontrar com uma pessoa conhecida pelo vulgo de “Japonês”, no distrito de Rancho Alegre, o qual informou onde seria o carregamento, inclusive feito por máquinas específicas para esse tipo de serviço, e que em momento algum ele desconfiou que a madeira seria produto de roubo.

Ainda segundo o motorista, por não desconfiar que a madeira era furtada, ele não fugiu como os outros dois, bem como essa seria a primeira viagem que ele fazia para o proprietário dos caminhões. O motorista e os caminhões foram conduzidos para a sede da 8ª COORPIN, em Teixeira de Freitas, onde foram apresentados para a delegada plantonista, Andressa Carvalho, que realizou apreensão dos veículos. O motorista conduzido foi ouvido, e liberado, mas, irá responder um TCO na justiça do município de Nova Viçosa.

Os caminhões estavam carregados com aproximadamente 135 metros cúbicos de madeira de eucaliptos da Empresa Fíbria Celulose. O inquérito policial será encaminhado para o delegado territorial de Nova Viçosa, Marco Antônio Neves, que dará continuidade nas investigações, para identificar o negociador e o vendedor da referida madeira, bem como ouvir o proprietário dos caminhões e o comprador da carga.

Por: Cloves Neto/Liberdadenews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *