CAEMA: Três homens foram presos com armas e caça em área de preservação da Fibria

Teixeira de Freitas: Três homens foram detidos com diversas armas de fogo e acusados de caça ilegal. Os três foram presos pelo fato de estarem em uma área de preservação, localizada na área 713, talhão 04, na zona rural de Teixeira de Freitas, pertencente à empresa Fibria, sendo que os conduzidos estavam praticando caça ilegal na propriedade supracitada. Com os acusados foram apreendidas diversas armas de fogo.

O trio foi detido pelos seguranças da empresa Visel, que prestam serviços para a Fibria. Uma guarnição da CAEMA foi acionada e foram conduzidos e apresentados, Aurindo José da Silva, 50 anos de idade, morador da Rua Jordânia, no Bairro Ulisses Guimarães, Antônio Caires Farias, 64 anos, morador da Rua José Barbosa Leal, no Bairro Redenção e Delvani Ferreira, 59 anos, morador da Rua Suriname, no Ulisses Guimarães.

Foi apresentado pela Polícia Militar, duas espingardas de fabricação caseira, uma carabina de calibre 32, com número de série 271826, de marca CBC, 05 lanternas, 05 trabucos, carregados com chumbo e pólvora, 03 facões, três caixas de espoleta, 04 quatro frascos de chumbo, 02 apitos, 02 frascos de pólvora, 06 cartuchos calibre 32, 02 celulares, 01 canivete, 02 duas barracas e um animal silvestre abatido da espécie Quati.

Os três caçadores foram apresentados na sede da 8ª COORPIN, à delegada plantonista, Maria Luíza e todo o material também foi apreendido. Após oitiva, a delegada flangranteou os três por crime de porte ilegal de arma de foge crime ambiental, com base no artigo 14 da Lei 10.826/2003 e do artigo 29 da Lei 9.605/1998. Foi arbitrada fiança e se for paga, eles poderão responder em liberdade.

Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *