Ex-paraquedista do Exército é morto brutalmente e tem o corpo dilacerado em Alcobaça – Fotos chocantes

Alcobaça: Nesta segunda-feira, 09 de novembro, a Polícia Militar de Alcobaça foi acionada e informada que um homem havia sido encontrado morto dentro de sua residência. Uma guarnição da 88ª CIPM se deslocou até a BA 001, no Sítio Marobá e confirmou o fato, encontrando o corpo com diversos cortes, muito sangue e múltiplas marcas. A PM isolou o local e acionou a Polícia Civil. O delegado Marco Antônio Neves e sua equipe estiveram no local, onde realizaram o levantamento cadáverico.

img_1237

img_1225

O delegado solicitou perícia e os peritos do DPT de Teixeira de Freitas foram até o local, onde realizaram perícia de ação violenta (homicídio). A vítima foi identificada como sendo o ex-militar do Exército Brasileiro, Alex Gaudêncio Calixto Sampaio, 29 anos de idade, e que residia no local. Alex foi encontrado morto pelo enteado, que em desespero pediu socorro. Durante os trabalhos periciais foram identificados 01 corte na cabeça e 02 cortes profundos nas costas, possivelmente provocados por facão ou machado.

img_1222

Ainda de acordo com o delegado, a vítima apresentava ferimentos nas pernas, e aparentemente os membros inferiores foram quebrados. Após os trabalhos, o delegado autorizou remoção e o corpo foi encaminhado ao IML de Teixeira de Freitas. Após necropsia, o corpo será liberado aos familiares para velório e sepulto. O delegado instaurou inquérito policial para investigar autoria e motivação do crime.

img_1239

De acordo com informações passadas à nossa reportagem, Alex não tinha nenhum envolvimento com drogas, e apenas ingeria bebidas alcoólicas. Atualmente o ex-paraquedista estava trabalhando como pescador e a polícia investiga um possível desentendimento que a vítima teve nos últimos dias. Pelo menos uma linha de investigação já está sendo levantada pela polícia, que realiza diligências a fim de encontrar o possível suspeito.

Por: Rafael Vedra/Liberdadenews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *