Helvécia: CAEMA prende dois homens na BR 418 transportando carne clandestina

Caravelas: No início da noite desta última quarta-feira, 03 de junho, policiais militares da CIPE/MA (CAEMA) colocaram em ação a Operação Corpus Christi, e montaram barreira na BR 418, no trecho que liga o distrito de Helvécia ao distrito de Posto da Mata. Os militares então abordaram um veículo Fiat/Strada Adventure CD, de cor prata, placa policial ELZ 6332, licenciado em Ribeirão Preto/SP, e que possuía restrição administrativa e um mandado de busca e apreensão.

Durante abordagem, os militares realizaram revista e buscas no veículo, e na carroceria os militares encontraram partes de um animal bovino, já devidamente cortada, e na carroceria também estava o couro do animal. Os militares então questionaram ao condutor sobre a origem e destinação do referido material encontrado, mas, durante explicação ele entrou em contradição por diversas vezes, momento em que recebeu voz de prisão, juntamente com o carona, que seguia viagem com ele.

Trata-se de José Vando Barbosa da Cruz, natural de Rondon do Pará/PA, e que reside na Fazenda Laranjeiras, em Argolo e Hursycley Matos Teixeira, natural de Canavieiras/BA e que reside na Rua Geraldo Roni, no Residencial dos Pioneiros em Teixeira de Freitas. A dupla foi conduzida à sede da 8ª COORPIN, onde o caso foi registrado e apresentado ao delegado titular de Caravelas, Máderson Souza. A vaca que era transportada de forma irregular pesava aproximadamente 18 arrobas, e no couro do animal os militares encontraram algumas marcações de identificação do animal.

Na cabeça possuí a marcação “V2” e já no couro possui “CG 250”. O delegado acredita que o animal tenha sido roubado e abatido clandestinamente, e que estava sendo levado para algum açougue. O delegado ainda disse que os conduzidos a toda hora davam uma versão sobre a origem do animal. Máderson Souza, após ouvir os militares e os acusados, flagranteou José Valdo e Hursycley no artigo 155, inciso IV (furto qualificado, com participação de duas ou mais pessoas). Como o crime é inafiançável, a dupla foi recolhida à carceragem da 8ª COORPIN e deverá ser recambiado ao CPTF.

O delegado acionou a Vigilância Sanitária de Teixeira de Freitas, e uma equipe composta pelo Coordenador e um veterinário foram até a delegacia onde condenaram o material apreendido, relatando que seria impróprio para o consumo. O delegado então solicitou a destruição do material, já que não poderia ser aproveitado, devido às péssimas condições de armazenamento e transporte. O delegado acredita que a dupla pode ter envolvimento com alguns roubos de animais, e disse que o número de ocorrências feitas por fazendeiros na região tem sido grande.

A Operação Corpus Christi seguirá durante toda essa quinta-feira de feriado, 04 de maio. A CAEMA, que além de um intenso combate ao tráfico de drogas e fiscalização nas fronteiras, vem mapeando e realizando buscas a fim de identificar e prender ladrões de animais.

Por: Rafael Vedra/Liberdadenews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *