Menor abusado: “Meto assalto pra fumar um e ostentar as novinhas”

Teixeira de Freitas: Na tarde deste domingo, 08 de novembro, a Central de Polícia Militar foi acionada por cerca de 08 pessoas, as quais relataram que uma dupla em uma Honda/Pop, de cor vermelha, estava cometendo assaltos a mão armada no Bairro Monte Castelo. Então, diversas viaturas do PETO e do 1° Pelotão se deslocaram até o Bairro, onde realizaram buscas e montaram cerco a fim de localizar os criminosos. As guarnições avistaram uma dupla a bordo de uma motocicleta, com as características passadas, e então os criminosos empreenderam fuga.

Neste momento, foi dado início a uma intensa perseguição, que terminou após a dupla perder o controle da moto e cair. Após a queda, os criminosos se levantaram e adentraram em um terreno baldio e com uma enorme concentração de matos. Os militares realizaram buscas e conseguiram localizar e apreender um dos suspeitos. Trata-se de um menor de 17 anos de idade, que reside no Bairro Bela Vista. O outro suspeito não foi encontrado, e de acordo com os militares, ele fugiu em posse de uma arma de fogo e os objetos dos roubos.

A motocicleta Honda/Pop 100, placa policial NYM 4219, licenciada em Medeiros Neto/BA e o menor foram encaminhados à sede da 8ª COORPIN, onde o caso foi registrado. Em entrevista à nossa reportagem, o menor disse que havia sido apreendido na última sexta-feira, e liberado no mesmo dia. O adolescente disse que saiu pra fazer uma caminhada e levantar uma grana para comprar drogas. Ainda segundo o menor infrator, ele usa um “chá” (maconha) e que iria comprar maconha pra ficar de boa e “ostentar as novinhas”.

O menor disse também, que pelo menos 10 pessoas foram vítimas dele e de seu comparsa. Segundo informações levantadas pela nossa reportagem, o comparsa do menor apreendido é conhecido como “Sementinha do Mal” e reside no Residencial Padre José. O caso foi apresentado à delegada plantonista, Waldiza Fernandes, que ouviu os militares e aguardará as vítimas na delegacia para realizar o auto de reconhecimento e abrir procedimentos em desfavor do menor infrator.

Por: Rafael Vedra/Liberdadenews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *