Mucuri: Presidente da APAE pede exoneração do cargo e publica nota

Na ultima sexta feira(19) a presidente da APAE em itabatan, Sandra Naira apresentou a imprensa sua carta de pedido de exoneração e ao mesmo tempo divulgou uma carta de esclarecimento a população do município de Mucuri, aonde a mesma pedir desculpas e informa o que de fato ocorreu para toma essa decisão, Sandra Naira já estava a frente dos trabalhos da APAE como presidente a 01  Ano e 09 meses, e realizou inúmeras atividades a frente dessa tão importante entidade.

Segue abaixo o conteúdo da nota esclarecedora.

“NOTA DE ESCLARECIMENTO

A APAE é uma Instituição sem fins lucrativos que tem como missão promover e articular ações de defesa de direitos e, prestação de serviço, apoio a família direcionada a melhoria da qualidade de vida da pessoa com deficiência incluindo a na sociedade.
A Diretoria da APAE é voluntária, não recebemos nenhum valor financeiro. Somos agraciados pelas bênçãos de Deus para estarmos lutando por uma causa tão nobre. Sou voluntária como mais19 pessoas que compõem uma diretoria. Fazemos um trabalho especial para pessoas especiais.
Infelizmente estar passando por um momento turbulento devido às pessoas que não sabem o sentido de ser voluntário. Sinto-me no dever de estar me explicando publicamente o meu afastamento como Presidente desta Instituição.

Motivo pelo qual terá uma nova eleição, pois 05 diretores também sairão. Não é por deixarmos de amar e ser solidários com as propostas em atendimento aos alunos especiais, mas sim pela falta de entendimento de pessoas que acham que o poder os faz superiores a ações grandiosas como o ser voluntário. Particularmente, eu Sandra Naira fui humilhada, menosprezada e desrespeitada como presidente desta Instituição que luta por uma causa NOBRE. Onde por falta de conhecimento do Estatuto que normatiza a APAE.

Pasmem! Tudo isto feito por uma ex-presidente que teve sua gestão tumultuada por falta de liderança e competência que hoje se aliou secretário de Educação para retirar a autonomia da presidente na APAE. Sabemos que contamos com a Prefeitura como parceira da APAE, mas não lhe dá o direito de nomear pessoas para delegar cargos na Instituição, como estabelece o Art.2º do Estatuto da APAE “Não deve e nem pode acatar indicações, nomeações ou escolhas do Poder público sob quaisquer condições e meios, senão os constantes de solicitações pontuais feitas pela unidade, quando efetivadas para exercer funções por ela determinadas sem interferência externa” Isto cabe somente a Diretoria, na pessoa da presidente.

Ser Apaeano é de coração, não necessita de interesses financeiros para que seja reconhecido. Desejo que APAE esteja aqui instalada, e tenha a caminhada iluminada e pessoas como esta a ex presidente que visa o interesse próprio, sejam banidas, pois não visam o beneficio coletivo. Amor pela APAE é gratuito, não necessita de posições e nem vaidades. Tenho 1 ano e 9 meses enquanto presidente consegui construir uma caminhada com projetos e melhoria para APAE. E Graças a Deus, todos os eventos da gestão em que estou Presidente tiveram sucesso e beneficiou os projetos da APAE.

Entreguei a carta de desligamento na segunda feira 15/05, por estar indignada com a situação por mim passada, que sou humana e humilhação não é digna para uma pessoa que luta para o bem estar de pessoas especiais. O Sr. Secretário de Educação e a ex-presidente incompetente acharam se no direito de me expor em frente aos funcionários da APAE e me expulsar da reunião realizada na sala dele na Sub Prefeitura. Enfim, como diz a Palavra de Deus: “Os humilhados serão exaltados”. E espero em Deus o conforto e a tranquilidade do meu espírito para continuar ajudando a quem precisa sem interesses financeiros.

Peço aos pais dos alunos, sócios amigos e parceiros que busquem formar uma nova Diretoria para dar continuidade aos projetos da APAE.
Tenho garra para lutar por pessoas que necessitam e por causas nobres e no coletivo. Mas sou fraca para lutar por questões pessoais e perseguições políticas.

Peço desculpas aos pais e sócios amigos que votaram em mim e que me confiaram esta Missão tão nobre e que por estas circunstâncias sou obrigada a deixar o cargo para não ter a minha saúde comprometida.
Também quero deixar o meu apreço as ex-presidentes como Sônia Veloso que juntou se a outras pessoas para iniciar a APAE em Mucuri, a Nilda Pereira Santiago que deixou um legado de desenvolvimento para a Entidade e por fim a Vera Gaúcha que batalhou e se dedicou para elevar o nome da Entidade e que fez a caminhada da APAE tomar um rumo para o sucesso.

Sandra Naira Rocha Moreira
19 de maio de 2017.”

Fonte: MucuriNews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *