Mucuri: Suzano emite nota em que garante não “promover” demissões em massa.

A Suzano Papel e Ceulose, emitiu uma nota de esclarecimentos sobre a matéria produzida pela equipe do noticia10 no último dia 14-08, em que fazia um alerta sobre prováveis demissões que ocorreriam na unidade Mucuri, na verdade o que seria uma série de demissões em massa, uma ação que impactaria de forma direta a economia regional e local uma vez que a empresa é a principal força matriz de geração de emprego e renda. Motivados pelas recentes declarações do senhor Walter Schalka, presidente da Suzano, onde teria dito que a empresa havia batido todos os recordes tanto na produção quando nos lucros, a equipe do noticia10 questionou as motivações dessas possíveis demissões.

Nossa equipe foi procurada pelo departamento de comunicação da Suzano Papel e Celulose para que algumas questões fosses esclarecidas, dente elas a de que as demissões seriam na verdade um alarme falso e que tanto a região quanto os colaboradores da empresa pudessem ficar tranquilos pois não está nos planos da empresa nenhum processo de demissão, pelo contrário, devido aos lucros recordes alcançados o grupo já planeja investimentos em outras áreas, segundo a equipe de comunicação garantindo a geração de novos postos de emprego. Na matéria veiculada pelo noticia10 no dia 14-08 foram levantadas preocupações com a estabilidade no emprego dos colaboradores com mais de dez anos de empresa e acima dos quarenta anos de idade.

Confira o texto da nota de esclarecimento:

Em resposta à matéria “Mucuri: Suzano planeja demissões alegando crise, mais presidente da empresa diz que nunca estiveram tão bem”, a Suzano Papel e Celulose esclarece que são infundados os boatos a respeito de uma onda demissões em sua Unidade Mucuri, na Bahia. Conforme divulgado no último dia 13, durante a apresentação de resultados financeiros, a companhia registrou resultados recordes nos últimos seis meses e novos investimentos estão sendo realizados no fortalecimento de sua competitividade estrutural e no desenvolvimento de novas frentes de atuação

 

Fonte: Noticia10

Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *