Peritos identificam o corpo do jovem que estava desaparecido em Teixeira através das digitais

Teixeira de Freitas: Na tarde desta sexta-feira, 11 de maio, o corpo do homem encontrado na orla marítima de Mucuri, foi identificado no IML de Teixeira de Freitas. O Liberdade News publicou em primeira mão a matéria sobre o achado do corpo sem identificação na referida cidade. Como havia um jovem desaparecido em Teixeira, e que havia possibilidades de que o desaparecido poderia estar em Mucuri, familiares procuraram o IML de Teixeira de Freitas para tentar identificá-lo.

A vítima estava sem roupas e não havia marcas especificas no corpo que facilitasse o reconhecimento por parte dos familiares, sem contar que já apresentava considerável estado de decomposição. Embora o reconhecimento visual seja um método aceito oficialmente pela Justiça brasileira, e que tem sido muito utilizado, é muito vulnerável a erros.  Na dúvida, a polícia adota os métodos científicos como DNA, análise de arcada dentaria e exames datiloscópicos (impressão digital).

O primeiro, mais eficiente, porém muito caro e demorado. O último, tem se destacado na Bahia e seu uso, além de ser muito barato e rápido, alcança a mesma precisão do DNA, com 100% de certeza na identificação humana. O especialista nessa área é conhecido como Perito Papiloscopista, sendo que na Bahia, o Perito Técnico de Polícia, que é responsável por esse tipo de trabalho pericial. Graças a análise das papilas digitais, o corpo foi identificado como sendo do jovem Fábio de Oliveira Silva, 22 anos de idade.

Fábio estava desaparecido desde a tarde de sexta-feira (08), quando saiu de casa dizendo que iria ao banco. Os peritos Bruno Melo e Pedro Paulo foram os responsáveis pela coleta das impressões digitais do cadáver (exame necropapiloscópicos), que utilizou aplicações de glicerina nas papilas digitais para facilitar a coleta. Após confronto com o documento de identidade apresentado pelos familiares, foi possível uma identificação rápida e posterior liberação do corpo aos familiares, com 100% de certeza.

Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *