Posto da Mata: “Mateus Boca Murcha” é preso com cocaína escondida em capote

Foi preso e apresentado ao plantão regional da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas, um elemento mais conhecido como “Mateus Boca Murcha”, que segundo os policiais da 89ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), responsáveis pela abordagem, já estava sendo monitorado, pois denúncias davam conta do seu constante envolvimento com a venda de drogas.

A prisão aconteceu no Bairro Cajueiro, em Posto da Mata, distrito de Nova Viçosa, onde os militares avistaram o elemento pedalando uma bicicleta e resolveram pará-lo. Na revista pessoal, no forro de um capote que Mateus usava, foram encontrados 25 papelotes de cocaína, embalados e prontos para serem vendidos.

Em seguida à descoberta, de acordo com os policiais, o acusado se negou a entrar na viatura, sendo preciso o uso da força. A todo instante o acusado falava que o blusão não lhe pertencia e que ele havia tomado emprestado de um indivíduo conhecido por “Chumbinho”, foragido do Espírito Santo e que tinha lhe oferecido um revólver calibre 38, pois ele supostamente precisava sair da Bahia.

Em posse do endereço oferecido por Mateus a guarnição informa que foi ao endereço onde estaria “Chumbinho”, mas ninguém foi localizado. Pouco tempo depois o acusado começou a queixar-se de falta de ar, sendo socorrido ao Hospital de Posto da Mata.

Após receber atendimento médico, “Mateus Boca Murcha” foi conduzido e apresentado ao delegado Bruno Ferrari, responsável pelo plantão regional do fim de semana na 8ª Coorpin. Ferrari, após ouvir os policiais e o acusado, indiciou Mateus por tráfico de drogas, com base no Artigo 33, da Lei 11.343/2006. Ele permanece preso à disposição da Justiça. (Da redação TN)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *