Produtividade da mandiocultura em comunidade teixeirense supera média nacional

Avaliação das unidades demonstrativas do PAT Mandiocultura na comunidade Bela Manhã (Foto: Reprodução)

A Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas, através da Secretaria de Agricultura, concluiu a avaliação das unidades demonstrativas do PAT Mandiocultura na comunidade Bela Manhã. Apesar das adversidades climáticas (como as chuvas intensas que atingiram a região no início do ano), as áreas avaliadas superaram a média nacional de 12 toneladas por hectare.

 A unidade do Sr. Caburé alcançou uma produtividade de 20,69 toneladas por hectare, enquanto a da Sra. Neuza atingiu 37,43 toneladas por hectare. A produtividade dos pequenos produtores teixeirenses foi incentivada também pelo uso da BRS Formosa, variedade de Mandioca com resistência a bacteriose e tolerância à seca, disponibilizada pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).  Assim, a parceria entre setor agrícola local e o poder público rende bons frutos ao estabelecer alternativas de uso integral da mandioca para uma maior diversidade da produção,e consequentemente maior geração de renda. 

O PAT Mandiocultura é uma ação do Programa de Desenvolvimento Territorial do Banco do Nordeste (Prodeter), onde o município é também parceiro, junto com a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), a Suzano/Polímata, UFSB, Ceplac, demais prefeituras dos municípios participantes e outras instituições. Seu principal objetivo é fomentar a cadeia produtiva da mandioca na região Extremo Sul.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *